Você sabia que hoje é o Dia do Automóvel?

montagem.jpg

A evolução do Porsche 911 ao longo da história

Quando se fala em carro esportivo, um dos primeiros que vêm à cabeça é o Porsche 911. Com mais de 50 anos de estrada, segue encantando os fãs e clientes ao longo de 7 gerações do modelo que passou por algumas mudanças de design, motor e conforto sem nunca abrir mão do desempenho e principalmente da sua inconfundível identidade visual.

1- O PRIMEIRO (1963)

Revelado em 1963 no Salão de Frankfurt, o 911 contava cim um motor refrigerado a ar de 130cv e atingia 210 km/h – velocidade alta para a época. Ao longo dos anos ganhou a versão Carrera RS, com 210cv e traseira “ducktail” (cauda de pato), tornando-se o primeiro veículo de série a contar com spoiler traseiro no mundo.

2- SÉRIE G (1973)

O modelo G foi o 911 foi produzido de 1973 a 1988. O cinto de segurança de 3 pontas e encostos de cabeça integrados viraram item de série. Uma das grandes novidades do modelo G foi o lançamento do primeiro Porsche 911 Turbo, em 1974.

3- 964 (1988)

Para o lançamento do Carrera 4 (964) a Porsche remodelou o 911 com 85% de novos components. Ganhou muito em conforto e segurança com freios ABS, câmbio automático, direção hidráulica e molas espirais. O modelo saiu em 4 versões: Cabriolet, Coupé, Targa e Turbo.

4- 993 (1993)

O 911 993 ficou marcado por ser o último da linha de produção com motor refrigerado a ar. Em relação ao design os faróis circulares passaram a ser polielipssoidais. A versão turbo do 993 passou a ter motor biturbo e assim o 911 993 ganhou o “prêmio” de níveis mais baixos de emissão em um carro de série em 1995.

5- 996 (1997)

Considerado pela Porsche como o “turning point” da marca, as mudanças no 911 996 seria ainda melhor que antes. O design seguiu as linhas do Boxster (lançado em 1996), o que fica evidente nos faróis dianteiros. O motor boxer seria refrigerado a água, com 4 válvulas por cilindro, 300cv e apresentou evoluções quanto a consumo de combustível, diminuição de ruídos e redução de emissões.

6- 997 (2004)

Os faróis do Boxster ficaram de lado com o 911 997, que retomou o formato ovalado com os piscas separados e chassi com gerenciamento de suspensão ativa como equipamento de série. O Carrera S apresentou motor de 3,8 litros com 355cv. O 997 teve mais de 24 edições diferentes do veículo: Carrera, Targa, Cabriolet, Turbo, GTS, tração traseira ou integral, edições de rua do GT e séries especiais.

7- 991 (2011 – HOJE)

O Porsche 911 991 representou o salto técnico mais significativo de toda a linha de produção, que em 2013 completou 50 anos. No desempenho, sua construção híbrida de aço e alumínio diminuiu o peso do carro e trouxe um câmbio manual de 7 velocidades. Suspensão nova, rodas e pneus maiores, bitola mais larga e outras adaptações fazem dele um exemplo de conforto. Até que seja lançada a próxima geração, o 991 é o que de melhor já existiu na produção do Porsche 911.

Fonte: http://manualdohomemmoderno.com.br/carros/a-evolucao-do-porsche-911-ao-longo-da-historia